Dicas da Gisa

Cúrcuma previne varizes, celulite, acne e até depressão

Escrito por Sites da Web em 20 de Maio de 2019
[Cúrcuma previne varizes, celulite, acne e até depressão]

Um tempero da família do gengibre que é bastante utilizado na culinária indiana também pode substituir o sal e dar mais cor ao prato. A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra, apresenta diversos benefícios para a saúde, evitando o surgimento de acne até varizes e casos de depressão.

É justamente em sua coloração dourada que mora o ingrediente "milagroso" do tempero: a curcumina. A ação antioxidante e anti-inflamatória desta substância está associada à prevenção e tratamento de diversas doenças - além de ajudar a emagrecer e a cuidar da pele.

Cúrcuma contra a celulite

As propriedades anti-inflamatórias da cúrcuma ajudam a reduzir o acúmulo de gordura no corpo, auxiliando no combate às temidas celulites. Por melhorar a circulação, eliminar as toxinas que podem causar inchaço no corpo e reduzir os níveis de colesterol ruim, o tempero também é um bom aliado na prevenção de varizes.

A cúrcuma passou a ser considerada um alimento funcional por todos os seus benefícios para dietas de emagrecimento. Além de melhorar o funcionamento do intestino, o tempero atua como termogênico, aumentando a temperatura do corpo para acelerar o metabolismo e a queima de gordura.

Bom para corpo e alma

A especiaria também pode ser usada como máscara facial para fins estéticos. A cúrcuma age como anti-inflamatório, antioxidante, antisséptico e cicatrizante - todas as qualidades necessárias para um bom produto de combate à acne. Além disso, ajuda a reduzir o envelhecimento precoce da pele.

Além de contribuir para a beleza e o bem-estar no dia a dia, a cúrcuma também serve para prevenir doenças mais graves, como a depressão. Um estudopublicado na revista Phytotherapy Research mostrou que o tempero tem eficácia semelhante à da fluoxetina no tratamento do distúrbio. Outras pesquisas apontam ainda que a cúrcuma pode melhorar a memória e diminuir o risco de Alzheimer. Fonte: VIX*

Compartilhe!