Dicas da Gisa

7 Alimentos para desintoxicar o fígado

Escrito por Pesquisa Web em 17 de Maio de 2019
[7 Alimentos para desintoxicar o fígado]

Os alimentos desintoxicantes do fígado são aqueles que auxiliam o organismo na eliminação de gorduras e toxinas responsáveis por aumentar a inflamação no organismo e causar doenças.

Fazer uma alimentação saudável e variada, baseada principalmente em produtos naturais e sem industrializados e bebidas alcoólicas é a melhor forma de prevenir problemas no fígado e o excesso de gordura abdominal, que também causa problemas em outros órgãos do corpo, como coração e rins.

Veja a seguir alguns alimentos que auxiliam no funcionamento do fígado:

1. Brócolis

Alguns estudos mostram que o brócolis pode ajudar a prevenir o excesso de gordura no fígado, mas em pessoas que não fazem uso de bebidas alcoólicas. Além disso, o brócolis ajuda a manter o controle da pressão arterial, é rico em nutrientes como cálcio, ferro, vitamina C, fibras e antioxidantes, que juntos ajudam a regular o metabolismo da gordura e do colesterol.

2. Chá verde

O chá verde é rico em catequinas, antioxidantes que atuam no fígado ajudando a regular a produção de enzimas e reduzindo o acúmulo de gordura. Além disso, esses antioxidantes também previnem danos celulares que levam ao aparecimento de câncer, não apenas no fígado, mas em vários locais do corpo.

Os benefícios são maiores ao se tomar pelo menos 2 xícaras de chá verde por dia, e a bebida quente possui mais catequinas que a gelada. No entanto, é importante destacar que o consumo de suplementos de chá verde não deve ser feito por pessoas que já possuem algum problema no fígado.

3. Café

O consumo regular de café traz benefícios para o fígado como reduzir a inflamação e o risco de cirrose e de câncer. Esses efeitos parecem ser devido a uma menor deposição de gordura e de colágeno no fígado, que são os principais marcadores de piora da saúde desse órgão.

Para obter esses benefícios, deve-se consumir de 2 a 3 xícaras de café por dia, sem adicionar açúcar.

4. Oleaginosas

Frutos oleaginosos como amêndoas, nozes e castanhas são ricos em ômega-3 e vitamina E, nutriente que protegem o fígado diminuindo a deposição de gordura nele. Quanto mais gordura no fígado, pior fica o funcionamento desse órgão.

As oleaginosas podem ser usadas nos lanches juntamente com iogurtes ou frutas, por exemplo, ou serem adicionadas em preparações como saladas e bolos saudáveis.

5. Chá de boldo

O chá de boldo ajuda no funcionamento do fígado por conter um composto chamado lactona, que aulia na digestão das gorduras ingeridas. Ele também auxilia na digestão, reduzindo problemas como azia e gases intestinais.

6. Suco de Beterraba

O suco de beterraba é rico em antioxidantes chamados carotenoides e flavonoides, que ajudam a reduzir a inflamação e melhorar a produção de enzimas hepáticas. Além disso, o suco de beterraba ajuda a melhorar a circulação sanguínea, controlando a pressão arterial e prevenindo doenças cardíacas.

7. Azeite de Oliva

O azeite de oliva extravirgem é rico em gorduras boas e antioxidantes que trazem diversos benefícios para a saúde do fígado, como controlar sua produção enzimática e reduzir a deposição de gorduras nele. Além disso, ele ajuda no controle de colesterol, que é produzido e distribuído a partir do fígado, melhorando também a circulação sanguínea nesse órgão.

Assim, além de ter uma alimentação saudável e balanceada, deve-se tentar incluir esses alimentos na dieta pelo menos 3 vezes por semana para obter maiores benefícios para o fígado.

Remédios para o fígado

Alguns exemplos de remédios para o fígado são o xantinon B12 e o cholagutt. O xantinon B12 é composto por metionina e colina, que são aminoácidos importantes para o metabolismo das proteínas e das gorduras no fígado. Ele atua desintoxicando o fígado, sendo muito útil para ser utilizado após os exageros alimentares nos quais o indivíduo apresenta desconforto abdominal do lado direito e um gosto amargou ou metálico na boca.

Já o cholagutt é um medicamento natural à base de alcachofra, alfazema, cardo mariano e hortelã-pimenta que pode ser utilizado na má digestão, pois ele facilita o funcionamento do fígado e da vesícula biliar. Fonte: Tua Saúde*

Compartilhe!