Bahia

Barraqueiros perdem materiais após maré invadir estabelecimentos em Buraquinho

Escrito por Pesquisa Web em 23 de Julho de 2019
[Barraqueiros perdem materiais após maré invadir estabelecimentos em Buraquinho]

Segundo Rubem Brito, presidente da associação de barraqueiros do local, o prejuízo diário chega a R$1 mil.

Barraqueiros que trabalham na Praia de Buraquinho, que fica em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, perderam diversas mesas, cadeiras e refrigeradores, depois que os estabelecimentos foram atingidos pela maré.

A situação aconteceu no domingo (21), quando a maré, que estava muito agitada, ultrapassou a faixa de areia e chegou até as barracas e ao estacionamento. Por conta disso, os estabelecimentos estão fechados desde o ocorrido.

Segundo Rubem Brito, presidente da Associação de Barraqueiros do local, o prejuízo diário pode chegar a R$ 1 mil.

“As atividades seguem suspensas desde domingo, quando ocorreu o registro da forte maré. Estamos com tudo fechado. Em um dia fechado a gente deixa de ganhar cerca de mil reais”, afirmou Rubem.

Ainda conforme o presidente, essa é a primeira vez, em 30 anos, que ocorre essa situação na praia.

“Há 30 anos que eu trabalho aqui em Buraquinho e nunca vi a maré chegar a esse ponto. Hoje a gente vai contabilizar o prejuízo que tivemos. Tentar amenizar a estrutura dentro da barraca, que ficou alagada no final de semana. Eu perdi um freezer e, por pouco, não perdi outro", afirmou o homem.

Um comunicado da Marinha divulgado no domingo (21) alertou sobre a possibilidade da passagem de um sistema frontal provocar ventos de até 60 km/h ao litoral da Bahia e ao sul de Caravelas, até quarta-feira (24).

Compartilhe!