Educação

Bloqueio no orçamento: saiba como fica a situação da UFBA e do IFBA em Camaçari

Escrito por Sheila Barretto em 24 de Maio de 2019
[Bloqueio no orçamento: saiba como fica a situação da UFBA e do IFBA em Camaçari]

No dia 30 de abril deste ano, o Ministério da Educação (MEC) determinou o bloqueio de 30% do orçamento autorizado das Universidades e Institutos Federais em todo o Brasil, o que inclui a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e o Instituto Federal da Bahia (IFBA).

Para o Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTI), unidade da UFBA em Camaçari, a grande preocupação no momento é com relação à montagem de dois laboratórios, que estava prevista para o próximo semestre. De acordo com a diretora do ICTI, Valterlinda Oliveira, a unidade está aguardando o estudo da reitoria da Universidade e liberação dos recursos. O ICTI oferece atualmente o curso de Bacharelado Interdisciplinar (BI) em Ciência, Tecnologia e Inovação, que atende a uma média de 90 alunos.

Em um comunicado, o IFBA Campus Camaçari anunciou que “tendo em vista o gasto mensal aproximado de R$ 180 mil, o campus só honrará com suas despesas até junho deste ano”. Ainda segundo o comunicado, o campus está tomando medidas emergenciais para não interromper o funcionamento das atividades, como readequação do uso de espaços administrativos, definição de horários específicos para o uso do ar-condicionado, redução da equipe de colaboradores terceirizados de segurança, limpeza e administrativo.

O Campus Camaçari ainda informa que, apesar destas medidas emergenciais, não conseguirá atingir o valor projetado do bloqueio. Tentamos entrar em contato com a diretoria do IFBA Campus Camaçari, mas a diretora pró-tempore, Elisa Casaes, não aceitou gravar entrevista.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) informou em nota que “tem realizado um levantamento das despesas de funcionamento da Reitoria e de suas unidades e com o orçamento disponível para o exercício 2019, a Instituição consegue garantir o seu funcionamento, dentro da normalidade, até o mês de setembro”.

Ainda em nota, o IFBA garante que, “apesar do contingenciamento, não há riscos de fechamento de qualquer unidade e que os calendários acadêmicos estão acontecendo dentro da normalidade”.

Compartilhe!