Educação

Reitor da Ufba participa de encontro com ministro da Educação nesta quinta

Escrito por Pesquisa Web em 16 de Maio de 2019
[Reitor da Ufba participa de encontro com ministro da Educação nesta quinta]

João Carlos Salles, reitor da URBA. 

Em Brasília desde terça-feira (14), o reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles, participa de reunião com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, na manhã desta quinta (16). O encontro é entre o governo federal e a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), entidade onde Salles ocupa o posto de primeiro vice-presidente.

Segundo a assessoria de comunicação da Andifes, toda a diretoria executiva está presente na reunião, cujos detalhes sobre a pauta não foi divulgada. O que se sabe é que o tema principal de discussão é o bloqueio de verbas para as universidades e institutos federais.

Mais tarde, por volta das 14h, o grupo vai repassar o que foi discutido com o ministério em uma coletiva de imprensa na sede da entidade, em Brasília. Na ocasião, a Andifes vai divulgar a 5ª Pesquisa do Perfil Socioeconômico dos Estudantes e o “painel dos cortes”, que é um detalhamento sobre o orçamento das universidades.

No fim de abril, o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou o contingenciamento de 1,7 bilhão de recursos para as universidades e institutos federais. Eles explicam que o corte se aplica a gastos não obrigatórios, como água, luz, terceirizados, obras, equipamentos e realização de pesquisas, e ressalta que o valor pode ser liberado, diante de uma eventual melhora econômica, no segundo semestre.

Especificamente na Ufba, o bloqueio passou de R$ 37 milhões para R$ 55 milhões, como informado pela própria universidade, o MEC diz que o congelamento total foi de R$ 50 milhões. Ao defender a revogação da medida, a federal baiana ressalta que se o bloqueio não for suspenso, haverá um impacto “significativo” no funcionamento até o final deste ano.

Compartilhe!